HOME

TREINO

LINKS

BIKE

EQUIPE

 

Porque pedalar em pé

Quando você pedala em pé na bike está se utilizando melhor de duas forças importantes: a dos braços e a da gravidade. A execução do movimento de pêndulo, ou sprint, proporciona uma melhor utilização do peso do próprio corpo sobre o pedal, poupando o esforço de alguns grupos musculares, ao passo que a distância entre o pedal e o guidão proporciona um maior braço de alavanca do que a simples extensão dos joelhos. Pedalar em pé exige muita força dos braços e antebraços porém utiliza melhor essa força, além de exigir bastante da musculatura anterior da coxa, o que exige um preparo especial para essas regiões do corpo. Também é importante um bom fortalecimento de abdome e lombares para uma melhor estabilização. Pelo contrário, poupa a musculatura posterior da coxa, ideal para evitar cãibras em provas de longa duração. Uma pedalada em pé também exige bastante da articulação dos punhos e a utilização de bar ends pode proporcionar uma pegada que favoreça a biomecânica do movimento da junção entre as mãos e os antebraços, além de utilizar melhor a força do músculo bíceps braquial, pouco aproveitada na posição pronada do punho quando as mãos estão nas manoplas e apenas o músculo braquial e o braquiorradial trabalham na flexão do cotovelo.

Para muitos a maior dificuldade de se pedalar em pé é a falta de tração do pneu em subidas muito técnicas, com lama, raízes ou pedras soltas, mas esse é um fator que pode ser trabalhado, adquirindo-se uma pedalada redonda, sem trancos, para manter o pneu sempre com velocidade constante.

Outro fator interessante quando se pedala em pé em uma bike hard tail é que o eixo do movimento central funciona como um link para amortecer impactos na roda traseira, distribuído a carga com a suspensão dianteira da bike.

André Melo

 

Voltar

© Copyright André Melo Assessoria Esportiva - 2008 - 2017

Designed By André Melo